Junte-se a nós

Venha conviver em "Viver Livremente"

 
Powered by br.groups.yahoo.com


Este grupo se destina ao livre convívio, sem barreiras de qualquer espécie, tendo apenas como base o respeito mutuo.  Aos que aceitarem este "desafio" desejo que se divirtam.

TODOS SÃO BEM-VINDOS

Domingo, 17 de Julho de 2005

- Liberdade, prisão de muitos


Liberdade, prisão de muitos




[Error: Irreparable invalid markup ('<há>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<table border="1" cellpadding="12" cellspacing="12" style="border-collapse: collapse" bordercolor="#FF9900" width="90%" bgcolor="#FFA802">
<tr>
<td width="90%" bgcolor="#F1DA82" bordercolor="#FFA802">
<p align="center"><font color="#0099FF" size="6" face="Arial">Liberdade, prisão de muitos</font></p>
<p align="center">
<img border="0" src="http://viverlivremente.blogs.sapo.pt/arquivo/liberdade_prisao.gif" width="416" height="360"></p>
<p align="justify"><Há os que estufam o peito para falar sobre ela ou ainda
para reivindicá-la, como se liberdade fosse apenas desatar o grito incontido
ou esvaziar do peito a insatisfação ou alegria comprimida. <br>
<font face="Verdana" color="#0099FF" size="4">Já se disse, num passado não muito distante, em um comercial de televisão
que &quot;liberdade é uma calça velha, azul e desbotada, que você pode usar do
jeito que quiser&quot;, como se esta estrada fosse trilhada na solidão dos nossos
passos, ignorando as pegadas dos que nos cercam. <br>
Há os que se arvoram e adentram nas linhas da retórica, desenlaçando
palavras de ordem, regurgitando &quot;chavões&quot; e ilhando-se na miopia do não se
perceber, enquanto participe dos processos de avanços ou recuos nossos e do
nosso País. Penso que apenas a palavra que esculpe o desacerto, destituída
de sugestões para o enfrentamento das questões que nos envolvem é uma
apologia à inoperância. Enquanto cruzarmos braços e nos utilizarmos tão
somente das letras que transbordam facilmente dos nossos lábios ou das
nossas mãos, seremos sempre promessas de homens e de um País do futuro. Ora,
liberdade é mais que uma via de mão dupla e existem sempre mais transeuntes
neste caminhar. <br>
Talvez, aqui caiba uma menção ao livre arbítrio, com que o Mestre Maior tão
generosamente nos agraciou. A vida, a todo e a qualquer momento, nos convida
a escolher. E isto é também uma forma de liberdade ou de auto condenação.
Cabe-nos alargar nossa visão e fazer do acto de olhar, algo mais que ver. <br>
Liberdade requer interacção. A crítica vazia, efectivada por lábios e mentes
ávidos, mas inoperantes, acaba por ser cárcere e prisão solitária. Lembro-me
de um antigo colaborador que possuía inata &quot;habilidade&quot; para desembrulhar
erros e falhas existentes no País, nos Governantes e também aos que mais
próximo lhe rodeavam. Detinha visão requintada para apontar problemas e
desmandos, usando da propalada liberdade de expressão, que tanto lhe
faltara. Quando
questionado sobre alternativas para corrigir rumos, o silêncio era
proporcional à extensão do discurso do desagrado. Igual emudecimento se
dava, quando eu perguntava sobre onde, ele poderia contribuir para a mudança
deste cenário. <br>
Ora, falar apenas o que se pensa e se sente, soa-me como liberdade
falaciosa. A palavra, assim como o sonho sem acção cria bolor. Deixemos as
letras em silêncio, enquanto não tivermos disponibilidade para desalgemarmos
nossas mãos ou enquanto tivermos dedos que apenas apontam, mas que não se
misturam na argamassa do realizar. Ser livre é um acto responsável e de
comprometimento com a transformação daquilo que nos soa como erro ou atitude
falha. Liberdade é ser cúmplice de destinos, sabendo que a nossa acção pode
ser redenção para nós próprios e para outros tantos. <br>
Talvez, fosse oportuno nos indagarmos, o que andamos deixando de fazer, para
contribuir para o descarrilar do comboio desta tal liberdade!</p>
</font><font face="Verdana" color="#0099FF">
</td>
</tr>
</table>
Viver Livremente editou às 19:59
link do post | comentar | favorito
|

Maio 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
28
29
30
31


Pesquisar no blog

 

Nossos Grupos


Grupo Liberdade Cristã


Grupo Viver Livremente


Olivença é Portuguesa (MSN)

Nossos Sites


Miguel & Sylvia


Homepage de Miguel Roque


Alentejano de alma e coração


Liberdade Cristã

Nossos Blogues


Filhos & Netos


Sylvinha em Portugal


Sub-Blog do tapete


Sonho Alentejano


Viver Livremente


EU acredito em Portugal


Independência em perigo


Portugal Ressuscitado


Jornal de Olivença


Olivença é Portuguesa


A Bandeira Vermelha


Bandiera Rossa


Leitura semanal-Liberdade Cristã

Arquivos

Maio 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Janeiro 2007

Setembro 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Arquivos Recentes

Tempos modernos...

Os incorrigiveis...

Natal com humor

Coisas do século XXI

no alentejo...

Tentar surpreender é sair...

Surpresa (será?)

Novos tempos...

Cuidado com o que lê...

A melhor recompensa

Arquivos

Maio 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Janeiro 2007

Setembro 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

a carregar

Estou no...






Estou no Blog.com.pt

E você, blogaqui?
blogs SAPO

subscrever feeds

tags

todas as tags